domingo, 16 de fevereiro de 2014

Minha trajetória capilar! 1 ano de Big Chop

Oi!

Hoje vim falar um pouco de toda a minha trajetória capilar, a partir do momento que resolvi começar minha transição capilar. Tem alguns vídeos em meu canal abordando esse tema, onde falo um pouco como foi minha experiência e outros mostro fotografias. Vou deixar o último que fiz, para comemorar meu 1º ano de cabelo natural.



Tudo começou em 2012, descoloria o cabelo e fazia escova progressiva com formol. Depois da descoberta dos danos na saúde que o formol pode causar (o uso hoje é proibido) não tinha como voltar para o relaxamento e escova sem formol não alisava meu cabelo.


Fiquei fazendo essa escova bem fraca de 1 em 1 mês que só abria levemente meus cachos, gostava dele mega esticado e este resultado não me deixava satisfeita.

Depois de ir pesquisando, vendo vídeos de americanas que passaram pela transição, vi que no facebook tinha grupos de apoio ao cabelo natural crespo e comecei a tomar coragem para seguir.




Ninguém me apoiou e também não acreditavam que conseguiria. Comecei minha transição em Novembro de 2012, em Dezembro de 2012 tonalizei meu cabelo e em Janeiro de 2013 fiz um corte reto na altura do pescoço em um salão bem pequeno do meu bairro.


Fazia texturizações com coquinhos, testei outras e esta foi que dava um melhor resultado. Quando cortei fazia fitagem para dar volume as pontas alisadas.


Uma ou duas semanas depois fiz um corte em camadas no salão Beleza Natural e gostei bastante do resultado. Meu cabelo ficou mais volumoso, com mais balanço e atrás estava todo natural praticamente.



Passei minha transição de cabelo solto, não tinha vergonha das duas texturas do meu cabelo. Comecei o cronograma capilar e desde Novembro de 2012 não faço chapinha ou escova. No terceiro mês de transição resolvi fazer meu Big Chop, que é o grande corte onde se tira toda a química do cabelo.



Acordei um belo dia com vontade de cortar o cabelo e esse foi o dia do meu BC. Chamei minha prima para ir comigo ao salão do meu bairro, pedi pro cabeleireiro tirar todas as pontas lisas e meu corte foi em camadas.



Ele foi crescendo e eu fui cortando as pontas alisadas que restaram em casa. No começo era difícil ter um bom day after e os cachos começaram a ficar bem definidos depois de uns 4 meses.



Em Novembro de 2013 fiz um ano de cabelo natural e tinha me prometido que ficaria um ano sem fazer nada nele, para ir conhecendo o meu cabelo completamente natural. Em Dezembro de 2013 resolvi voltar a ser ruivinha e minha saga ruiva começou.



Estou amando minha fase ruiva e meu cabelo não ficou danificado com a coloração. Me sinto muito bem com esta cor ruivo natural e pretendo ficar assim por um bom tempo.




Meu cabelo cresce um pouco mais de 1 cm por mês, não fiz outro corte depois do Big Chop e não acho que chegou ainda o momento. Quero deixa-lo mais comprido para poder fazer o corte que tenho em mente.



Hoje sou mais confiante, posso pintar o cabelo da cor que eu quiser sem ter medo que ele tenha corte químico. Não tenho falhas, pontas duplas e não preciso cortar as pontas estragadas de 2 em 2 meses. 

Hoje vejo meu cabelo crescendo saudável, vejo que ajudei muita gente e continuo ajudando com meu trabalho aqui no blog. Sou mais confiante, me acho mais bonita e me amo do jeito que sou.

Hoje me valorizo mais, tenho orgulho das minhas raízes e minha autoestima só aumenta. Recebo elogios e mensagens lindas de meninas que se inspiraram em mim.

Não me arrependo de nada, ter o cabelo quimicamente tratado me fez perceber que meu cabelo é bem mais bonito e saudável natural. Recebo muitos elogios, não me preocupo com a raiz crespa aparecendo e não tento me esconder.

Essa foi minha trajetória, espero que tenham gostado <3















 renata massa